E agora Berlim…

Atentado em Berlim

Escrevo um dia depois de em Berlim ter sido levado a cabo um atentado contra um simples mercado de Natal, numa rua da capital Alemã…

Na Kurfurstendamm…

Para termos noção do sitio, a Kurfurstendamm é uma espécie de Avenida da Liberdade…

Cheia de lojas, era a Avenida da moda em Berlim Oeste antes da queda do muro…

Por isso ainda hoje é a zona com mais comércio da capital Alemã…

Imagine-se um mercado ao ar livre nos Restauradores e um camião entrar a grande velocidade pelas pessoas, vindo do Marquês de Pombal…

Mataria imensa gente…

Como aconteceu em Berlim…

 




 

Mais uma vez um árabe afecto ao Islão, aparece como o principal suspeito…

Nada de novo…

Foi assim em Nice…

Em Londres….

Em Paris…

 

A Europa começa a acordar para uma realidade atroz…

 

O inimigo está dentro das suas fronteiras…

Só que não houve invasão…

Houve um convite a que hordas de Muçulmanos se fixassem dentro de si…

Quando estas pessoas começaram a chegar eu comentei…

Isto é tudo doido…

 

Serviços de Fotografia Tapa ao Sal

 

Estamos a permitir que pessoas que nos odeiam enquanto infiéis, habitem paredes meias connosco…

O islão enquanto religião é perigoso…

O simples facto de numa sociedade islâmica, a mulher não possuir qualquer direito, prova que enquanto religião o islão não saiu do século VIII, quando as tropas de Abd al Rhaman chegaram à Europa…

Hoje quando uma sociedade pacífica como a ocidental, assente em moldes judaico-cristãos é ameaçada por uma religião sem o mínimo de entendimento de uma sociedade livre, é altura de a Europa perguntar a si mesma…

Valeu a pena a integração dos refugiados?

Hoje que Angela Merkel saiu do Bundestag para pedir desculpa aos seus cidadãos, urge perguntar-lhe:

A sua consciência está bem Frau Merkel?

Como lida com a morte de imensa gente dentro do seu país, levada a cabo por alguém que a senhora convidou a entrar na Alemanha?

 




 

Os refugiados tem que perceber uma coisa…

Se não entendem o nosso modo de vida só têm uma coisa a fazer…

Sair da Europa o quanto antes…

Serão bem vindos se respeitarem os nossos costumes…

Se não os respeitarem terá que haver mão dura nestas pessoas…

Para que não constituam ameaças à nossa liberdade…

À nossa segurança…

Ao nosso modo de vida…

Charles Martel em 732 na Batalha de Piotiers mostrou ao Islão que a Europa não os aceitava…

D. João de Austria em 1571 arrasou Ali Pachá em Lepanto

 

Hoje na ânsia do politicamente correcto, assistimos a uma degradação dos valores basilares da nossa sociedade, ás mãos de quem a quer destruir…

 

Hoje a 5 dias do Natal, rezemos pelos Berlinenses que morreram por nada…

Apenas por não professarem o islão…

Mas acima de tudo temos que lhes pedir desculpa, porque os algozes foram recebidos por nós de braços abertos…

Numa alucinação colectiva, cujas consequências receio estarem ainda a começar…

 

Ler outros textos de António Franco: Aqui… e se gostou, partilhe este texto para que mais pessoas possam ler!

 

Última atualização do artigo a

Gostou do artigo? Deixe um comentário: