Ressureição

Comemorações pascais e a procissão da Ressurreição, em Nisa

A ressurreição é o centro da fé, o núcleo do anúncio, e a esperança que anima os crentes.

O Domingo de Páscoa ficou marcado pela ressurreição de Jesus Cristo, e a nova vida de Cristãos em Nisa.

Sendo através dos seus batizados que a sua vida Cristã nasceu.

Estivemos a acompanhar os seus batizados, para que os momentos de felicidade fiquem registados para memória futura.

O espírito católico e o seu dia de Páscoa, serão brevemente elucidados para que todos possamos compreender todo o processo da semana Santa e a ressurreição de Jesus Cristo.

Ressurreição de Cristo

Ser cristão é afirmar: Cristo vive! Ressuscitou!

Desta convicção partem os discípulos, a anunciar a Boa Nova.

É também este o anúncio da Igreja de hoje e de todos os tempos.

A ressurreição é o centro da fé, o núcleo do anúncio, e a esperança que anima os crentes.

Ser cristão é acreditar em Jesus Ressuscitado, que nos dá vida: «em Cristo todos voltarão a receber a vida»

1 Cor 15, 22.

Porque a ressurreição é central e fundamental para a Igreja, é importante que continuamente seja pensada e aprofundada.

Sessões de Fotografia

Não deixe os seus momentos esquecidos. Conheça os serviços de fotografia Tapa ao Sal

Ressurreição na Semana Santa e as suas celebrações

A Semana Santa é uma tradição religiosa cristã que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo.

Tem início no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, no domingo de Páscoa.

ressurreição nisa
Passagem da cruz de Cristo pelas ruas do centro histórico em Nisa.

Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte.

Jesus é recebido com ramos de palmeiras.

No Domingo de Ramos, nas procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo o evangelho, Jesus foi a Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os discípulos e entrou na cidade como um rei, mas sentado num jumentinho – o símbolo da humildade – e foi aclamado pela população como o Messias, o rei de Israel.

A multidão o aclamava: “Hosana ao Filho de Davi!”

Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição.

Segunda-Feira Santa

É o segundo dia da Semana Santa, seguinte ao Domingo de Ramos, onde se recorda a prisão de Jesus Cristo.

Terça-Feira Santa

É o terceiro dia da Semana Santa, onde são celebradas as sete dores da Virgem Maria.

É muito comum também por ser o dia de penitência no qual os cristãos cumprem promessas de vários tipos ou o dia da memória do encontro de Jesus e Maria no caminho do Calvário.

procissão da ressurreição Nisa
Incenso a purificar as crianças batizadas.

Quarta-Feira Santa

É o quarto dia da Semana Santa. Em algumas igrejas celebra-se neste dia a piedosa procissão do encontro de Nosso Senhor dos Passos e Nossa Senhora das Dores.

Ainda há igrejas que neste dia celebram o Ofício das Trevas, lembrando que o mundo já está em trevas devido à proximidade da morte de Jesus.

Quinta-Feira Santa

É o quinto dia da Semana Santa e, na manhã deste dia, nas catedrais das dioceses, o bispo se reúne com o seu clero para celebrar a Celebração do Crisma, na qual são abençoados os santos óleos que serão usados na administração dos sacramentos do Batismo, Ordenação de Padres e Bispos, Crisma e Unção dos Enfermos.

Neste mesmo dia, à noite, são relembrados os três gestos de Jesus durante a Última Ceia: a Instituição da Eucaristia, o exemplo do Lava-pés.

Nesta noite em que Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da sexta-feira, açoitado e condenado.

A igreja fica em vigília ao Santíssimo, relembrando os sofrimentos de Jesus.

Revestindo-se de luto e tristeza, desnudando os altares (são retirados todos os enfeites, toalhas, flores e velas), tudo para simbolizar que Jesus já está preso e consciente do que vai acontecer.

Sexta-Feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão

É quando a Igreja recorda a morte de Jesus. É celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz.

A recordação da morte de Jesus consiste em quatro momentos: A Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Rito da Comunhão.

É também na sexta-feira que em muitos locais se realiza a Via Sacra.

A Via Sacra recria o trajeto percorrido por Jesus Cristo, carregando a cruz desde o Pretório até ao Calvário onde faleceu.

Sábado de Aleluia

Também conhecido como Sábado Santo ou Véspera da Páscoa.

Uma festividade religiosa que celebra o aguardo pela ressurreição de Jesus após a sua crucificação no Calvário.

É o último dia da Semana Santa, na qual os cristãos se preparam para a celebração da festa da Páscoa.

É celebrado o dia em que o corpo de Jesus Cristo permaneceu sepultado no túmulo.

rua nisa
Novos cristãos batizados no domingo de Páscoa.

Domingo de Páscoa

A Páscoa ou Domingo da Ressurreição, é uma festividade religiosa que celebra a ressurreição de Jesus, ocorrida no terceiro dia após sua crucificação, no Calvário.

É a principal celebração do ano litúrgico cristão e também a mais antiga e importante festa cristã.

O domingo de Páscoa marca o ápice da Paixão de Cristo e é precedido pela Quaresma, um período de quarenta dias de jejum, orações e penitências.

A Páscoa é seguida por um período de cinquenta dias chamado Tempo Pascal que se estende até o Domingo de Pentecostes.

Procissão da Ressurreição em Nisa

procissão da ressureição
Passagem da procissão pelo Calvário de Nisa.

Durante o domingo de Páscoa, após a missa Pascal, existe uma prolongação da celebração pelas ruas da vila.

A alegria dos novos cristãos que foram batizados, envolvendo toda a população no espírito Pascal.

Como já é habitual, a procissão saiu da Igreja Matriz de Nisa, percorreu o centro histórico e terminou na Igreja do Espírito Santo.

Esta procissão representa uma manifestação não apenas de fé, mas também de espírito comunitário.

A tradição foi cumprida, em muitas janelas, colchas e adereços de festa marcaram esta ocasião especial.

Foi acompanhada pela banda de Nisa, que abrilhantou toda a procissão.

O dia de Páscoa em Nisa é muito importante, uma vez que a população é maioritariamente católica, sendo um dia muito aguardado e sentido pela sua gente.

Através da ressurreição de Jesus Cristo que alegrou certamente a vida de todas as crianças batizadas e dos seus familiares.

Com esta alegria, foi transmitida a boa nova e levada para toda a comunidade cristã.

Um Domingo de Páscoa com muita alegria e felicidade.

Não menos importante, nas celebrações da semana santa, o dia da sua santa padroeira Nossa Senhora da Graça.

Na segunda-feira de Páscoa, a comemoração do feriado municipal, e a romaria de Nossa Senhora da Graça.

São dias passados alegremente, e que juntam famílias em redor das tradições seculares existentes em todo o concelho de Nisa.

Desejo-vos um dia feliz e espero que o nosso trabalho fotográfico fique nos vossos corações. 

Perguntas frequentes sobre a Procissão da Ressurreição:

O que é a ressurreição?

A ressurreição é para a igreja católica o dia mais importante, quando Jesus Cristo ressuscitou.
A ressurreição é o centro da fé Cristã, comemorada no Domingo de Páscoa.

Posso assistir às cerimónias da semana santa em Nisa?

Sim, todas as cerimónias são para quem queira assistir e claro participar

Participei na Procissão da Ressurreição, como posso adquirir as fotografias?

Para adquirir as fotografias, basta aceder ao álbum e encontra todas as fotografias disponíveis, bem como as respectivas enformações.

Possso adquirir uma fotografia do vosso blog?

Pode adquirir as fotografias, das viagens que fazemos, através do site Tapa ao Sal Fotografia.
Ao visualizar o álbum de fotografias que preparamos no artigo, pode escolher qual a fotografia que prefere, com os diferentes tipos de impressão e medidas.

Conheça a procissão da ressurreição, em Nisa, através deste álbum de fotografias

O que esta época do ano representa para si?

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com seus amigos!

Sofia
Sofia

Apaixonada por gastronomia portuguesa e viagem.
Adoro viajar pelos recantos mais escondidos de Portugal e provar as melhores iguarias portuguesas.

Artigos: 132

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.