aldeia de sistelo

Aldeia de Sistelo, a beleza estonteante do Tibete Português

Poucos locais conseguem conjugar com tamanha perfeição a beleza e o encanto da natureza como a aldeia de Sistelo, onde verde é a nota dominante.

Poucos locais conseguem conjugar com tamanha perfeição a beleza e o encanto da natureza como a aldeia de Sistelo.

O Tibete Português, como carinhosamente lhe chamam, é um verdadeiro paraíso natural!

As semelhanças com o Tibete são evidentes…

A começar pelos verdejantes socalcos que trepam a montanha e se perdem por entre o arvoredo da serra.

Aqui, tal como no Tibete, o verde é a nota dominante…

Mas nas modestas casas da aldeia de Sistelo não habitam monges, nem se ouve o ecoar dos sinos e dos gongos tibetanos.

O caminho tortuoso que liga Arcos de Valdevez a esta pitoresca terra com cerca de 300 habitantes não se encontra em qualquer guia turístico.

Na verdade, os turistas não abundam em Sistelo, o que é um ponto a favor da tranquilidade!

Nas ruas e ruelas da aldeia de Sistelo o que mais não falta é silêncio e tranquilidade.

E a sua população, maioritariamente constituída por gente madura, faz questão de os preservar.

A história desta bela aldeia minhota, bem no coração da serra do Gerês, remonta à era medieval…

Desse período persistem alguns elementos arquitetónicos como o cruzeiro, o fontanário e a própria organização do casario.

Mas o edifício mais emblemático da aldeia de Sistelo é a Casa do Castelo, edificada no século XIX.

Neste belo e imponente palacete, merecedor de uma visita atenta, viveu o Visconde de Sistelo.

sistelo geres
Zona central da Aldeia de Sistelo.

Aconselho que deambule despreocupadamente pelas estreitas ruas e ruelas da aldeia de Sistelo.

Em cada recanto, encontrará uma nova forma de beleza:

Seja uma ampla vista sobre a serra…

Sejam os verdejantes campos que se sobrepõem nos socalcos…

Ou até um gesto hospitaleiro e carinhoso dos amáveis sistelenses.

sistelo
A aldeia de Sistelo deslumbra ao primeiro olhar.

Pelo caminho, certifique-se que passa pela Igreja Paroquial, pela Ponte Romana, pela Ermida de Nossa Senhora dos Aflitos e pelas capelinhas de Santo António, de São João Evangelista, de Nossa Senhora dos Remédios e de Nossa Senhora do Carmo.

No percurso, é bastante provável que dê de caras com algumas das várias vacas cachenas que passeiam nestas ruas.

Estes espécimes bovinos de pequeno porte são um dos maiores sustentos da região.

Além de serem excelentes produtoras de leite, têm uma carne suculenta, tenra e ligeiramente rosada que é cada vez mais apreciada!

Em Sistelo, praticamente não existem restaurantes…

Mas se é apreciador deste género de carne, existem vários restaurantes em Arcos de Valdevez que lhe podem sugerir pratos fantásticos!

Para terminar o dia, enquanto o sol ainda irrompe através da silhueta da montanha, é imprescindível subir ao miradouro do Chã da Armada…

Poucas vistas serão tão belas como aquela que podemos contemplar a partir deste miradouro.

Admirar a perfeição dos socalcos enquanto nos deixamos envolver pelo silêncio profundo do vale…

tibete português
Os socalcos verdejante que caracterizam tão bela Aldeia.

Interrompido por alegres cantarolares dos pássaros e pelo correr da água entre as pedras…

É um momento único de tranquilidade e de paz.

Se gosta de atividades mais radicais, também não poderá deixar de mergulhar nas tranquilas e cristalinas águas do Rio Vez ou percorrer o Trilho dos Passadiços do Vez que liga a aldeia de Vilela à aldeia de Sistelo…

Num percurso de cortar a respiração!

Siga o álbum de fotografias que preparamos desta viagem riquíssima de conhecimento…

fotografias aldeia de sistelo

Já alguma vez visitou a aldeia de Sistelo?

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com os seus amigos:

Default image
Sofia
Apaixonada por gastronomia portuguesa e viagem. Adoro viajar pelos recantos mais escondidos de Portugal e provar as melhores iguarias portuguesas.
Deixe um Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.