Entre séculos de história que a adega da Cartuxa nos recebe

Atualizado em
Adega da Cartuxa

A tarde prometia chuva, mas na chegada à adega da Cartuxa, o sol descobriu.

Em redor os campos de vinhas, as folhas de cores de Outono, o rosado das parreiras, mostram-nos que a vindima terminou e mais um Outono chegou…

A adega da Cartuxa fica a 2 quilómetros do centro de Évora, um local onde paira a calmaria alentejana.

A adega pertence à fundação Eugénio de Almeida, que há muitos e longos anos se dedica ao apoio e criação de atividades de cariz cultural e educativo, social, e espiritual.

O artigo continua depois deste anúncio


Criada por disposição testamentária de Vasco Maria Eugénio de Almeida, os seus estatutos datam de 12 de Agosto de 1963.

A marca Cartuxa é um dos principais ativos da Fundação Eugénio de Almeida.

Os vinhos Vinea Cartuxa, EA, Foral de Évora, Cartuxa, Scala Coeli e do mítico Pêra-Manca, bem como dos azeites  EA e Cartuxa.

Fazem as delícias de quem visita a adega.

E foi por aí que começamos, a nossa incrível visita à adega da Cartuxa…

O explicativo que ouvimos durante a visita suscitaram em nós algumas curiosidades acerca dos vinhos e da história da marca.

Aquelas paredes seculares da adega elevam-nos para os pensamentos mais longínquos. 

Dos processos mais antigos na vindima: como a apanha da uva à mão para que seja produzido o melhor vinha com o mínimo de maquinação possível.

As castas de vinhos utilizadas variam em função da gama a que o vinho será vendido.

Na adega da Cartuxa são produzidas várias castas e tipos de vinhos… 

Oliveira com vinhas
As vinhas em redor da adega

Mas a mais apetecível e que nos fica sempre no pensamento é o incomparável Pêra Manca…

Muitas das garrafas desde magnífico e inconfundível vinho ali permanecem fechadas a cadeado, como um segredo guardado.

As barricas de carvalho onde o vinho fará o seu estágio, e ali estão deixando sobressair os aromas do vinha, que nos vão guiando pela adega da Cartuxa. 

Também podemos observar as talhas de barro alentejano, uma tradição secular no Alentejo que ao longo dos anos se foi perdendo. 

Algo que aos poucos está a voltar… 

E a implementação de fazer o vinho de talha voltou a ganhar destaque na adega da Cartuxa. 

Esperamos que seja um bom vinho!

Teremos que provar…

Os retratos nas paredes das vindimas do antigamente aproxima-nos das vivências que aquelas gentes sentiam na altura mais importante do ano…

Interior da adega EA
As imagens presentes pela adega

As vindimas.

Foi através desses retratos que chegamos ao corredor dos aromas e cheiros…

E que corredor…

Tínhamos à nossa espera o cheiro de todas as castas utilizadas na Adega…

Ali podemos sentir através do olfato todos os aromas presentes em cada casta…

Um local muito bem conseguido, em que nos aproxima muito com o que se vive nos vinhos.

Para quem não tem conhecimento de vinhos, uma boa oportunidade para soltar o olfato, e sentir os aromas presentes no vinho.

E terminamos com o melhor…

A prova de vinhos da Cartuxa…

prova de vinhos Cartuxa
Prova de Vinhos, azeites e presunto da Cartuxa

Tivemos a oportunidade de apreciar três vinhos de gama média e baixa da Cartuxa…

Acompanhados de um belo pão alentejano…

Os azeites da Cartuxa, e o presunto de porco alentejano da Cartuxa, também marcaram presença.

Foi com entusiasmo que visitamos e aprendemos algo mais na adega da Cartuxa.

Mas agora vamos até ao Convento da Cartuxa, para procurar os monges cartuxos…

A história presente em toda a cidade de Évora encanta-nos profundamente…

Do Centro Histórico de Évora à Capela dos ossos, e não esquecendo o templo Romano de Évora, como não gostar desta cidade?

Caminhamos pela cidade, durante o que nos restava da tarde, até que a paragem foi num restaurante da cidade…

Foi ali que apreciamos algumas iguarias eborenses

Do presunto à sericaia aconchegaram o nosso estômago.

Pernoitamos no hotel Ibis em Évora, um hotel simples, ideal para quem gosta de aproveitar os locais…

ibis évora
Entrada do hotel Ibis em Évora

Muito próximo dos locais mais emblemáticos da cidade…

É um hotel muito prático…

Sobretudo um hotel limpo e confortável…

Funcionários jovens e simpáticos…

Um hotel onde o seu animal de estimação pode entrar e ser bem recebido…

Numa próxima oportunidade iremos levar a nossa Deolinda viajante, para conhecer o hotel Ibis de Évora

De manhã o céu acordou cinza, mas mesmo assim iremos conhecer mais desta incrível cidade…

Sé catedral de Évora vamos ao teu encontro, serás a nossa próxima paragem…

Os dias pela cidade passam…

A saudade, essa com certeza que vai ficar…

Siga o álbum de fotografias que preparamos desta viagem riquíssima de conhecimento…

Álbum de fotografias adega da Cartuxa

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com os seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *