Do Centro Histórico de Évora partimos para vos abraçar…

Atualizado em
As longas caminhadas pelo centro histórico de Évora

Para quem pensa que o centro histórico de Évora pode ficar para trás na visita, enganasse…

É o centro de todo o conhecimento e descoberta da ilustre cidade de Évora.

A cidade de Évora tem raízes que remontam ao tempo do Império Romano.

Que ainda conserva, em grande parte no seu núcleo central, vestígios de diversas civilizações e culturas.

Os Celtas, Romanos, Árabes, Judeus e Cristãos influenciaram a cultura de Évora.

Foi no século XV, que se tornou residência dos reis de Portugal.

A inigualável qualidade arquitetónica e artística do casario branco, ou de azulejos, as varandas de ferro forjado, datadas dos séculos XVI a XVIII.

Ofuscam o nosso olhar com tamanha beleza vinda daqueles casarios…

O artigo continua depois deste anúncio


Locais históricos, que transmitem a riqueza de mais de dois mil anos de história.

Independentemente dos vestígios ainda presentes, são notórias as memórias da multiplicidade de gerações que a moldou como cidade.

Da presença romana herdou um sistema viário e uma malha urbana.

A imponência da antiga urbe manifesta-se na monumentalidade do Templo Romano de Évora, e na riqueza das Termas, vestígios sintomáticos de uma cidade de singular grandeza. ​

O Centro histórico, formado por ruas estreitas e travessas, pátios e largos…

A envolvência da Sé Catedral de Évora
Os monumentos presentes no centro histórico de Évora

Sabia que o centro histórico de Évora tem uma área de 107 hectares?!

E está claramente demarcado pelas muralhas medievais, com extensão de mais de 3 km.

O Centro Histórico de Évora está classificado pela UNESCO como Património Mundial desde 1986.

Na visita ao centro histórico de Évora temos com certeza locais obrigatórios de visitar como:

Qual o caminho a seguir?
As imensas ruas em calçada, fazem os caminhos do centro histórico de Évora.

A Sé Catedral de Évora;

A Praça do Giraldo;

A Igreja de São Francisco;

A Capela dos Ossos;

Palácio de Dom Manuel;

Colégio do Espírito Santo (atual Universidade de Évora);

Igreja do Convento dos Lóios;

Igreja da Misericórdia de Évora;

Teatro Garcia de Resende.

Lugares cheios de história, como as pedras das ruas por onde caminhamos durante esta visita.

Aprecio o centro histórico de Évora
Após percorrer as ruas do centro histórico de Évora, faço uma pausa para apreciar.

Uma das cidades mais belas do Alentejo

Conhecer os locais históricos, é como abraçar as gentes que neles vivem.

O bom de viajar por Portugal, é poder ter em cada viagem uma aprendizagem única de conhecimento.

Que a cultura do nosso país seja preservada e que possamos contribuir para isso…

Assim nos despedimos do centro histórico de Évora, com a vontade de ficar…

Teremos certamente oportunidades de voltar.

Levamos Ebora no nosso coração.

Siga o álbum de fotografias que preparamos desta viagem riquíssima de conhecimento…

Álbum de fotografias do centro histórico de Évora

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com os seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *