Até sempre… na capela dos ossos em Évora.

Atualizado em
Capela do ossos em évora

Ir a Évora e não visitar a capela dos ossos, é como ir a Roma e não ver o Papa…

E como não queremos perder o melhor da cidade de Évora, vamos lá conhecer a capela dos ossos…

Um dos monumentos mais conhecidos de Évora, situada na praça 1º de Maio, no centro histórico de Évora fazendo parte da igreja de São Francisco.

Capela dos Ossos Évora
Fachada principal da igreja de São Francisco

Foi no século XVII por iniciativa de três frades franciscanos que a capela foi edificada, com o objetivo de transmitir a mensagem de transitoriedade e fragilidade da vida humana…

Bem presente, mesmo na entrada da capela com o aviso “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”.

Um macabro gosto do homem barroco pela necrofilia…

Foi dos quarenta e dois cemitérios monásticos existentes na região de Évora, que estariam a ocupar demasiado espaço.

O artigo continua depois deste anúncio


Que decidiram retirar os esqueletos da terra e usá-los para construir e decorar a capela.

A capela dos ossos, foi construída num local onde teria sido dormitório e sala de reflexão dos frades.

Formada por três naves de cerca de 18,70 metros de comprimento e 11 metros de largura.

A luz entra por três pequenas frestas do lado esquerdo…

Capela dos Ossos Évora
Um dos pilares da capela revestido com ossos e crânios.

Um local bastante escuro…

Mas torna a visita ainda mais apetecível…

As suas paredes e os seus oito pilares, revestidos com ossos e crânios, ligados por cimento pardo.

A capela dos ossos também está decorada com estátuas de cariz religioso.

Os frescos decoram o teto abobado, datados de 1810, apresentam uma variedade de símbolos ilustrados por passagens bíblicas e outros com instrumentos da Paixão de Cristo.

Não menos importante na saída da capela encontramos um painel de azulejos da autoria do arquiteto Siza Vieira, que contrapõe à alusão da morte o milagre da vida.

Dedicada ao Senhor dos Passos, imagem conhecida dos eborenses como Senhor Jesus da Casa dos Ossos.

Capela dos Ossos Évora
Altar na entrada da capela dos ossos.

Calcula-se que dentro da capela estejam cerca de cinco mil ossos, entre crânios, fêmures.

Há também dois esqueletos inteiros sendo um deles, o de uma criança.

Dizendo a lenda que seria pai e filho… o filho batia na mãe sem que o pai se opusesse.

A mãe à hora da morte terá lançado sobre eles a seguinte praga: que a terra de vossas sepulturas não vos desfaça.

Arrepiante…

Um lugar onde o silêncio se manifesta de todos os lados…

Uma boa reflexão à morte…

E principalmente à importância da vida.

Siga o álbum de fotografias que preparamos desta viagem riquíssima de conhecimento…

fotografias évora capela ossos

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com os seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *