alenquer o que visitar

Alenquer o que visitar? Descubra um paraíso às portas de Lisboa7 minutos de leitura.

Por terras de Damião de Góis… chego a Alenquer…

A minha curiosidade por conhecer mais um pouco do concelho de Alenquer levou-me a descobertas inesperadas..

O  seu concelho possui uma riqueza paisagística única, desde as vinhas que muito têm crescido por toda a região, até à Serra do Montejunto.

Alenquer é caracterizada pelo presépio de Portugal, um fantástico presépio que anualmente é construído numa das encosta da vila.

 

Alenquer Vila Presépio
Presépio de Alenquer.

Um rio que atravessa o centro da vila…

Fico com o pensamento de como seria bonito atravessar a vila de Alenquer, dentro de um barco…

E poder presenciar todo a sua beleza.

Mas isso sou eu a imaginar…

Para além dos seus símbolos mais conhecidos, existe uma imensidão de locais que deve acrescentar à sua viagem.

Começando pela vila de Alenquer, vou apresentar-vos alguns dos locais que já conheci e outros que vou conhecer brevemente:

 




 

Convento de São Francisco
Convento de São Francisco em Alenquer.
  • A Capela de de São Pedro (local onde está o túmulo de Damião de Gois)
  • A Capela de Santa Catarina,
  • A Capela do Espírito Santo,
  • O Museu do vinho de  Alenquer,
  • O museu João Mário (Pintor alenquerense).
  • A Casa da Sãozinha,

 

Serviços de Fotografia Tapa ao Sal

 

Mas o concelho de Alenquer é muito grande, e com um património esmagador…

Existem outros lugares que ainda não conheço e gostaria de acrescentar a esta lista.

Se acha que existe um lugar que deva referir, deixe um comentário no final do artigo.

Quero muito que este guia: Alenquer o que visitar? seja completo, e a sua opinião fará toda a diferença.

Vamos prosseguir a viagem…

 

Alenquer o que visitar Tapa ao Sal
Passear pelo concelho de Alenquer num carro clássico, é algo mágico.

Saindo deste vale encantado, parto à descoberta da sua alma rural

Num Ford Cortina de António Franco, que me apresentou a região que o viu nascer.

 




 

  • A Serra do Montejunto

Localizada entre os concelhos de Alenquer e Cadaval…

É o miradouro natural mais alto da Estremadura, elevando-se a 666m de altitude.

Esta estrutura geológica, com 15 km de comprimento e 7 km de largura.

No alto do Montejunto conseguimos observar quase todo o concelho de Alenquer…

Muitos alenquerenses escolhem a serra para fazer um picnic durante os dias quentes de verão…

 

Alenquer o que visitar
Um moinho na Serra do Montejunto.

 

Existem muitos moinhos espalhados por todo o concelho…

A maioria está em ruínas…

Antigamente, esta região era muito boa para produzir trigo, e ainda o é, mas o mercado não está disposto a este tipo de produção.

Felizmente, existem pessoas que cresceram no meio destes moinhos e querem manter esta tradição…

E já se começa a ver alguns recuperados…

Eu ainda tenho esperança que um dia esta farinha, moída em mós de pedra ao sabor do vento volte às nossas padarias…

 

Subindo a serra do Montejunto, pelo lado de Vila Verde dos Francos, vai encontrar um bom exemplo de recuperação destes moinhos…

O seu proprietário fez uma recuperação cheia de alma, homenageando os seus antepassados.

Aqui pode presenciar como era o trabalho dos moleiros de outros tempos.

 

Moinho de Avis no Montejunto
Moinho de Avis no Curral do Burro.
  • Curral do Burro

Localizado mesmo ao lado do Moinho de Avis…

É um restaurante com uma esplanada fantástica sobre a serra…

Ali sentada, apercebo-me da grandeza desta região…

Sugiro que provem o pão com chouriço amassado à mão e cozido em forno a lenha, da farinha moída no moinho…

Sinto ar puro e um silêncio quase total, não fosse o som do vento no moinho…

 

  • Fábrica de Gelo

Ainda na Serra do Montejunto, encontro a antiga fábrica de gelo…

Era nesta fábrica que se conservava o gelo formado na serra e que era levado para Lisboa em carroças puxadas por burros…

 

Serra do Montejunto
Panorama da Serra do Montejunto.

 

  • Percursos Pedestres

Em Alenquer, estão ainda muito no início as atividades pedestres, mas já existem alguns percursos pedestres que terei que conhecer brevemente…

 

 

Nota: À medida que for descobrindo outros locais, vou actualizando este guia. E já sabem, deixem as vossas sugestões no final do artigo.

 




 

A gastronomia e o seu precioso néctar: o vinho

 

A região de Alenquer produz uns dos mais prestigiados vinhos nacionais…

Especialmente os vinhos brancos, que são muito frescos e frutados… devido aos seus solos e proximidade do mar.

Ao longo de todo o concelho encontro milhares de vinhas…

São encostas e planícies repletas…

 

Vinhas em Alenquer
Vinhas em Alenquer a perder de vista.

A produção de vinhos é uma das grandes apostas do concelho…

São muitas as marcas que em Alenquer produzem os melhores vinhos…

Tais como a Casa santos Lima, Monte d´Oiro, Pancas, Chocapalha, entre outras….

Os vinhos DOC da região de Lisboa são cada vez mais apreciados pelos portugueses…

Mas não só de vinhos se faz Alenquer…

A gastronomia em Alenquer é algo que terei de conhecer…

A terra da codorniz, que o concelho de há uns anos para cá tenta que seja reconhecida com o título de “Alenquer a terra da codorniz”…

Já são muitos os pratos confecionados com a codorniz na região…

Desde a canja de codorniz, aos mais variados pratos conhecidos…

Mas irei procurar um pouco mais sobre a codorniz de Alenquer…




 

A história de Alenquer fala por si

 

Alenquer de “Alen Ker”, significa “a vontade de Alão”…

O cão alano de uma raça conhecida pelas suas qualidades na caça e combate, continua a proteger a vila de Alenquer no seu brasão…

Alenquer recebeu foral em 1212 da infanta D. Sancha, filha de Sancho I de Portugal.

A qual, ainda hoje, tem muito significado para Alenquer, tendo sido construída em tempos uma capela com o nome de D. Sancha…

Em Alenquer o património cultural é imenso…

Com tradições que perduram no tempo…

 

  • As Festas do Divino Espírito Santos em Alenquer

Foi no tempo da Rainha Santa Isabel, quando esta esteve com residência fixa em Alenquer, que surgiram as primeiras Festas do Espírito Santo. Influenciada pelo espírito da comunidade franciscana existente em Alenquer…

A Rainha Santa funda as Festas não apenas para prestar culto à terceira pessoa da Santíssima Trindade mas também para, por meio delas, assistir aos mais pobres, cujas necessidades estavam sempre presentes em seu coração…

 

Serviços de Fotografia Tapa ao Sal

 

No 7º domingo após a Pascoa (dia de pentecoste) realiza-se o bodo…

Nesse dia, o cortejo depois de sair da igreja e de percorrer algumas das ruas da vila.

É servido o bodo muito pão, bolos carnes e outras coisas comestíveis.

O principal objectivo do bodo, em tempos, era dar uma sopa rica em legumes e carnes para os pobres.

Hoje a sopa é oferecida a toda a população que assista às celebrações…

 

Pintar e Cantar os Reis Alenquer.
Pintar e Cantar os Reis em Alenquer.

Aqui para além de se cantar os Reis, também se pinta…

Pintar e Cantar os Reis é uma tradição com muito anos.

O nome de quem cumpre este ritual é “reiseiro”, os reiseiros dividem-se em dois grupos…

Os que cantam e os que pintam e estes são os que vão na frente do cortejo.

Com um ambiente místico, em uma noite gélida de Janeiro, é realmente fantástico.

Só espero que esta tradição perdure.

 

Pretendo que este guia Alenquer o que visitar?, seja um bom ponto de partida, para quem ainda não conhece a região…

Por isso conto com as vossas sugestões…

Assim este guia vai estar sempre actual!

 

Conheça as paisagens do concelho de Alenquer, através deste álbum de fotografias: 21 Fotografias

 

Concelho de Alenquer

Deixe aqui o seu comentário:

Também vai gostar de ver:

Partilhe com os seus amigos:

Apaixonada pela gastronomia portuguesa e viagem.
Adoro viajar pelos recantos mais escondidos de Portugal, e provar as melhores iguarias portuguesas.