entrada para o palácio da lousã

Palácio da Lousã, mais que património é uma história!

É na vila da Lousã que encontramos o Palácio da Lousã, também conhecido como Palácio dos Salazares ou Palácio da Viscondessa do Espinhal.

O Palácio da Lousã, mostra a evolução estilística entre o século XVIII e começo até meados do século XIX.

É na vila da Lousã que encontramos um edifício setecentista classificado como património histórico, falo do Palácio dos Salazares ou, também como é conhecido, o Palácio da Viscondessa do Espinhal.

Começou a sua construção nos finais do século XVIII por ordem de Bernardo Salazar Sarmento D‘Eça e Alarcão.

Em 1818 foi terminada a edificação do corpo central pelos seus filhos.

A beleza do Palácio da Lousã está em perfeita sintonia com a grandeza da sua história.

Escadas de acesso ao Palácio da Lousã
Escadas do século XVIII.

Mas afinal quem é esta tal Viscondessa do Espinhal?

O seu nome na realidade é D. Maria da Piedade de Melo Sampaio Salazar…

E, não é nada mais nada menos que a filha do responsável por esta obra, Bernardo Salazar.

Adquiriu o título de Viscondessa em 1868 pelo Rei D. Luís, sendo reconhecida como a grande benemérita da Lousã.

As invasões francesas fazem parte deste palácio, pois consta-se que o comandante das tropas napoleónicas instalou-se aqui…

Sem falar que esta casa acolheu tropas francesas e também anglo-lusas.

O edifício foi sempre propriedade de Bernardo Salazar até que mudou de dono…

Foi adquirido em 1893 por João Antunes dos Santos…

Natural da Lousã pelo que alguns dos seus descendentes são hoje os seus proprietários.

Sala antiga com um toque moderno
Sala do Palácio da Lousã.

De palácio passou a um hotel, de quatro estrelas.

Possui 46 quartos e o restaurante “A Viscondessa” onde podemos degustar os mais belos sabores da região e repetir, e repetir…

Apesar de requalificado, não se apagaram as memórias daquele que outrora fora um palácio…

Os pormenores arquitectónicos da época ainda estão presentes.

Como é o caso das portas e lambrins, tectos, estuques, a escadaria na entrada e os frescos da sala de jantar.

Nos quartos está presente uma decoração clássica onde o requinte não é esquecido!

Despedimo-nos de uma imensidão de beleza e bom gosto…

Antes de voltar as costas ficamos aqui parados a contemplar…

E é mesmo caso para dizer como “burros a olhar para um palácio”….

Até já Palácio da Lousã!

Conheça a história do Palácio da Lousã, através deste álbum de fotografias:

Já conhece o Palácio da Lousã?

Comente o artigo e conte-me tudo…

E se gostou, partilhe com seus amigos!

Default image
Sofia
Apaixonada por gastronomia portuguesa e viagem. Adoro viajar pelos recantos mais escondidos de Portugal e provar as melhores iguarias portuguesas.

Deixe um Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.